Receba Novidades do Blog em seu e-mail

Totus

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Andacon pede ao MP que investigue o concurso para analista da Receita Federal

A Associação Nacional dos Concurseiros - Andacon (www.andacon.org.br) protocolizou representação no Ministério Público Federal com pedido de investigação sobre possível fraude em concurso para analista da Receita Federal.

De acordo com o resultado da prova objetiva, duas duplas de candidatos tiveram notas totais e parciais (por disciplinas) iguais, o que é muito raro. O problema é que essas pessoas são, de acordo com informações apresentadas em fóruns e redes virtuais, de uma mesma família. Além disso, duas delas seriam filhas de um auditor da Receita.

A Andacon solicitou ao Ministério Público que:

1) investigue a ocorrência da fraude;

2) em se comprovando a existência da fraude, que seja delimitada a sua extensão e promovida a responsabilização daqueles comprovadamente envolvidos.

De acordo com a entidade, se a investigação concluir que os procedimentos de segurança utilizados pela Esaf não garantiram o sigilo das provas e dos gabaritos, o mais recomendável seria a reaplicação das provas.

Veja o inteiro teor da representação (foram excluídos da publicação os nomes das pessoas possivelmente envolvidas na fraude).


Guto Bello




terça-feira, 16 de outubro de 2012

Lei dos Concursos do DF


A Lei 4.949, que regulamenta os concursos públicos do Distrito Federal, foi publicada no Diário Oficial do DF. Segue a íntegra da lei. 
LEI Nº 4.949, DE 15 DE OUTUBRO DE 2012.
(Autoria do Projeto: Poder Executivo)
Estabelece normas gerais para realização de concurso público pela administração direta, autárquica e fundacional do Distrito Federal.
O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, FAÇO SABER QUE A CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL DECRETA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI:
CAPÍTULO I
DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
Art. 1º Esta Lei estabelece normas gerais para a realização de concurso para provimento de cargo público pela administração direta, autárquica e fundacional do Distrito Federal. Parágrafo único. As disposições desta Lei aplicam-se à empresa pública que receba recursos do tesouro.
Art. 2º A realização do concurso público é de responsabilidade do órgão central de pessoas, podendo delegar competência ao órgão ou entidade interessada.

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Sobre a prova da Câmara

O concurso para o cargo de analista da Câmara dos Deputados, que foi realizado pelo Cespe, decepcionou a grande maioria dos candidatos. Os motivos seriam: prova objetiva desequilibrada, com peso muito grande em disciplinas menos importantes (informática, idiomas e conhecimentos gerais); nível de dificuldade muito baixo na parte de constitucional, administrativo e conhecimentos específicos; ausência de questões sobre a Resolução n. 1/2002; prova discursiva mal elaborada, com erros grosseiros nos comandos e ênfase em assuntos pouco relevantes para a atividade.

É lamentável que o Cespe tenha feito uma prova tão ruim. Em provas assim o fator sorte acaba contando muito, pois os candidatos são nivelados por baixo. Isso reforça a necessidade de aprovação de uma lei que regulamente os concursos públicos. Um dos pontos importantes seria o edital indicar o número de questões de cada disciplina, o que é muito relevante no planejamento dos estudos.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Preparação para Anac e Anatel

O site www.discursivas.com está oferecendo pacotes de correção de discursivas para os concursos da Anac e da Anatel. Os temas são sugeridos pelo próprio site e as textos passam sempre por dois professores: um analisa o conteúdo, o outro analisa o uso do idioma. A correção inclui breves comentários. Eu estou coordenando esse trabalho e a experiência tem sido ótima. O serviço que oferecemos é diferenciado.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Matéria da Agência Senado sobre a PEC sugerida pela Andacon


03/10/2012 - 16h05 Especial - Atualizado em 03/10/2012 - 18h22

Gim Argello vai apresentar PEC para permitir elaboração de Lei Geral de Concursos Públicos

Simone Franco

A Constituição poderá estabelecer a competência concorrente da União, de estados e do Distrito Federal para legislar sobre concursos públicos. A iniciativa abriria caminho para a elaboração de uma Lei Geral de Concursos Públicos (LGCP), fixando uma orientação nacional para todas as seleções de ingresso no serviço público.
Desde junho, tramita na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) a Sugestão6/2012, apresentada pela Associação Nacional dos Concurseiros (Andacon). O relator da matéria, senador Gim Argello (PTB-DF), já decidiu encampar a ideia e vai começar a colher assinaturas de apoio no próximo esforço concentrado de votações – a partir de 16 de outubro – para transformá-la em proposta de emenda à Constituição (PEC).