Receba Novidades do Blog em seu e-mail

Totus

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Metáfora da Escada Rolante nos Concursos Públicos

Guto Bello
Há momentos em que não é fácil estudar para concursos. Pessoas que tenham jornada de trabalho e filhos, por exemplo, quase sempre sentem enorme dificuldade de encontrar tempo para os estudos. Surge então uma dúvida. O que é melhor: adiar completamente o projeto ou estudar o pouco que for possível?
Alguém já disse que viver é subir uma escada rolante que desce. Dificuldades surgem naturalmente, mas o desenvolvimento pessoal tem que ser constante e superar as forças em sentido contrário.
Isso também se aplica aos concursos. Estudar para concursos é como subir uma escada rolante pelo lado que está descendo. Quem para de estudar regride. Quem estuda, ainda que um pouquinho a cada dia, consegue superar a velocidade da escada em sentido contrário e alcança a sua aprovação. A metáfora é válida porque nós naturalmente esquecemos o que estudamos. A boa notícia é que a velocidade da escada não é tão grande assim. Com método, é possível não apenas manter, mas também agregar novos conhecimentos.
"Guto, há pessoas estudando seis, sete, oito horas por dia. Como vou concorrer com essas pessoas?" Isso é verdade. Eu mesmo já tive a experiência de estudar mais de dez horas por dia na reta final da preparação para o cargo de Auditor Federal de Controle Externo do Tribunal de Contas da União, concurso em que viria a ser aprovado em 11º lugar. Em outras fases, não tive tanto tempo assim. Quando estudei para Consultor Legislativo (Área de Orçamentos) do Senado Federal, o tempo de estudo foi um fator crítico. Entretanto, apesar da dificuldade, aproveitando os segundos disponíveis, fui aprovado em 2º lugar.
É óbvio que, se você estudar seis horas por dia, suas chances de bons resultados em prazos mais curtos serão muito maiores. Entretanto, com método e persistência, ainda que estudando uma ou duas horas por dia, você também pode avançar nos estudos e alcançar sua aprovação. É bem verdade, e você tem de ter plena consciência disso, que nessas circuntâncias o projeto terá um prazo mais longo, mas você certamente também chegará ao seu objetivo. Lembre-se sempre: melhor estudar um pouco que estudar nada.
A metodologia adotada no coaching da Totus Concursos se adapta à realidade dos nossos clientes. Se o cliente, por qualquer motivo relevante, tem pouco tempo disponível, as metas de estudo são fixadas de acordo com sua limitação. Além disso, o acompanhamento contínuo ajuda a manter um ritmo de estudos constante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário